Você sabe qual é o seu perfil financeiro?

Por Dannielle Porto / Consultora de Investimentos CVM

Com certeza você já ouviu falar de perfil de investidor. 

E perfil financeiro? Já parou para pensar qual o seu?

Esse assunto muitas vezes é deixado de lado, a maioria das pessoas acham que dinheiro é um problema, quando na verdade é uma solução. Encare a leitura desse texto como o primeiro passo para você mudar a sua vida através do conhecimento! Vamos falar sobre dinheiro. 

Para começar quero que pegue papel e caneta e responda cinco perguntas. Vamos começar? 

  1. Como você lida com seu dinheiro, ele é um problema ou uma solução para você? 
  2. Você sabe quanto ganha e quanto gasta por mês? 
  3. Você consegue guardar dinheiro? 
  4. Você compra coisas e se arrepende depois porque descobre que não precisava? 
  5. Você tem projetos de longo prazo?

Com certeza você já se fez algumas dessas perguntas, não é mesmo? E o que mudará a partir de agora? Hoje, talvez nada, mas certamente com o tempo, as respostas que você deu para essas perguntas serão fundamentais para a mudança que acontecerá na sua vida. É normal não sabermos por onde começar. Lembra que falei no início do texto que essa leitura poderia mudar sua vida? Só Continue!

Vivemos em uma sociedade consumista, em que há uma grande oferta de produtos e serviços, facilidade de crédito e um apelo muito grande da mídia para o consumo. Nossos ganhos são limitados e precisamos saber como gastar e como guardar dinheiro. Se você chegou até aqui, está no caminho certo!

Aprender a gerenciar seu dinheiro e seus hábitos de consumo será o início para que você tenha um bom planejamento financeiro e tudo isso só é possível por meio do conhecimento, estou falando de educação financeira. E essa não aprendemos no primário, aprendemos na vida!

Vem comigo que você conhecerá qual é o seu perfil financeiro!

Vamos começar falando dos quatro perfis financeiros mais conhecidos: Perfil Endividado, Perfil Equilibrado, Perfil Poupador e o Perfil Investidor. Entendendo melhor cada um deles será possível saber como se prevenir para não ficar no Perfil Endividado, afinal, não tem nada pior que ficar nesse perfil!

O Perfil Financeiro de cada pessoa está relacionado com a forma como a qual ela se relaciona com o dinheiro e com o consumo. Ninguém consegue ser 100% um perfil ou outro. Cada pessoa tem um pouco de cada perfil, algumas características são mais predominantes que outras, isso determina em qual perfil você está enquadrado. 

Toda pessoa tem ganhos e gastos mensais, o perfil de cada um será o resultado dessa balança (receita x despesas). Se o saldo dessa balança for negativo, você está no perfil endividado, se ficou no zero a zero você está no perfil equilibrado, se terminou o mês com saldo positivo e começou a guardar dinheiro você é um poupador e se guarda dinheiro pensando em longo prazo, parabéns, você está no perfil investidor.

Como se comporta o endividado?

Não tem controle das receitas e despesas, é consumista, toma decisões impulsionado pelas emoções, geralmente tem vários cartões de crédito e não consegue ter controle dos gastos. Está sempre pagando um empréstimo com juros elevados, não tem nenhum planejamento e nem clareza em seus objetivos. Sua situação é crítica e pode estar negativado.

Consequências: A falta de controle leva a problemas na vida pessoal, profissional e familiar. O endividado sofre de ansiedade, insegurança, estresse, sentimento de culpa e baixa autoestima. 

Como se comporta o equilibrado?

Acaba o mês sempre empatado, no zero a zero. Gasta tudo que ganha. Tudo que conquista é por meio de financiamento e para ele está tudo bem. É consumista e depende do emprego, geralmente única fonte de renda.

Consequências: Não tem planejamento financeiro, nem grandes sonhos, não possui uma reserva para emergências e muito menos investimentos de longo prazo. Tem potencial para se tornar um endividado a qualquer momento.

Como se comporta o Poupador?

Até pensam no futuro e guardam dinheiro para não sofrerem em caso de imprevistos. Tem controle de tudo que entra e sai, tem medo de fazer dívidas e consegue desconto no dia a dia para guardar dinheiro. São até chamados de “pão duro”, “seguros” ou “avarentos”. Não tem um plano financeiro bem definido, tudo se resume em guardar dinheiro, geralmente na poupança!

Consequências: Sempre tem um dinheiro guardado na poupança e só gasta em caos de extrema emergência. Os poupadores possuem grande patrimônio e dificilmente conseguirão a tão sonhada independência financeira. O poupador não é ambicioso!

Como se comporta o Investidor? 

Tem controle sobre toda sua receita e despesa. Não compra tudo que quer, mas o que precisa. Tem um planejamento financeiro bem definido e uma boa estratégia de investimento. Além de poupar, gera renda em mais de uma fonte e está investindo constantemente, seu dinheiro se multiplica e passa a gerar renda passiva.

Consequências: Focado em alcançar sua independência financeira, está sempre atento a boas oportunidades de negócios e de investimentos, consequentemente tem liberdade de escolha em todas as áreas da vida. Consegue se aposentar com tranquilidade e segurança.

Lembra das perguntas do início do texto? Elas te ajudarão a identificar qual seu perfil atual.

Ninguém nasce com um perfil financeiro definido. Seu perfil é construído ao longo da sua vida e você pode mudar constantemente. Agora é só ver qual perfil mais se encaixar com o seu e começar a caminhar para o perfil de Investidor! Se você já se tornou um investidor, parabéns! Esse é o objetivo!

Espero ter ajudado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *