Índice de Correlação

Fonte: Veedha

O objetivo é maximizar o retorno e minimizar o risco, buscando fontes de resultado com baixa correlação, ou seja, classes de ativos que se comportem de maneiras diferentes em um mesmo cenário. Busca da melhor contribuição/combinação entre classes de ativos no longo prazo que alcancem os objetivos do investidor.

Embora a diversificação não possa garantir lucro nem eliminar o risco de perda de investimento, o cenário ideal é ter uma mistura de ativos com estratégias diferentes em uma tentativa de reduzir a volatilidade geral do portfólio e criar respostas mais consistentes no longo prazo.

Quanto menor for a correlação entre dois ativos, mais a carteira estará protegida. Em outras palavras, significa que as chances de oscilações bruscas, tanto para cima quanto para baixo, são menores.

Retornos de diferentes classes de ativo podem variar consideravelmente ano a ano. Essa variação na performance anual das diferentes classes de ativo torna essencial a implementação de uma estratégia diversificada na estruturação de um portfólio de investimentos. Como ilustra a tabela a seguir, retirada de estudos da XP Investimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *