Allianz destaca situação previdenciária de 70 países

Fonte: Revista Investidor Institucional

A reforma previdenciária feita pelo Brasil no final de 2019 foi destacada no estudo, mas o País não figura no bloco dos 20 com uma situação previdenciária mais sólida. Um total de 13 países europeus guram nesse bloco, encabeçado pela Suécia, com pontuação 2,91.

Além do índice geral, o estudo apresenta três subíndices. No primeiro, que mede tendências demográficas e situação financeira pública, algumas das maiores pontuações foram alcançadas por nações emergentes da África e Ásia, casos de Nigéria, Quênia, Laos e Filipinas, com populações jovens e déficits públicos ainda reduzidos.

No segundo subíndice, que mede a sustentabilidade e adequação dos sistemas de previdência, países como Indonésia e Bulgária se saíram bem graças, sobretudo, a elevações na idade de aposentadoria, desincentivos à aposentadoria antecipada e ao recurso parcial à capitalização.

No terceiro sub índice, que avalia o padrão de vida oferecido aos aposentados, a liderança é das nações ricas e com melhor distribuição de renda, como Nova Zelândia, Holanda, Japão e Suíça.

Seguem abaixo os 20 melhores no ranking da Allianz

Rk Nação Nota
1 Suécia – 2,91
2 Bélgica – 2,92
3 Dinamarca – 2,96
4 Nova Zelândia – 3,0
5 Estados Unidos – 3,04
6 Austrália – 3,13
7 Holanda – 3,13
8 Noruega – 3,16
9 Bulgária – 3,16
10 Canadá – 3,24
11 China – 3,25
12 República Tcheca – 3,26
13 Letônia – 3,27
14 Irlanda – 3,31
15 Luxemburgo – 3,35
16 Reino Unido – 3,36
17 Eslováquia – 3,36
18 Itália – 3,39
19 Taiwan – 3,43
20 Cazaquistão – 3,48

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *